• Planej

Construção e Reforma: a importância dos Projetos


Na hora de construir ou reformar, a elaboração dos projetos é uma etapa essencial, pois eles são o norte da construção. A partir da sua elaboração é possível alcançar um planejamento real de custos e obter o tempo de execução, minimizando erros e consequentes gastos futuros com problemas de manutenção que podem ser evitados ainda no Projeto quando bem elaborado.

Os projetos necessários para o bom planejamento de qualquer obra são o Projeto Arquitetônico, o Estrutural e os Complementares. A seguir, explicamos a importância de cada um deles, o que são e quais os seus benefícios.

Projeto Arquitetônico

O Projeto Arquitetônico é a base para construções, renovações e reformas. Ele determina a disposição dos espaços através do estudo de melhor ventilação e o aproveitamento da iluminação natural, além disso, tem como foco promover o conforto térmico, ergonômico e visual do habitante.

O Arquiteto irá levar em consideração sobretudo as necessidades pessoais do cliente, elaborando um projeto que supra essas necessidades, propondo as melhores soluções e as adequando ao sonho e visão do cliente.

Projeto Estrutural

Terminado o Projeto Arquitetônico, é hora do engenheiro entrar em ação. A partir das medidas de cada espaço projetado pelo arquiteto em conjunto com o cliente, o engenheiro busca solucionar a estrutura que irá deixar tudo o que foi projetado em pé, dando segurança e durabilidade à construção.

No Projeto Estrutural, o Engenheiro irá fazer, através dos cálculos necessários, o dimensionamento dos elementos estruturais necessários à edificação, como pilares, vigas, lajes e etc, levando em conta o melhor custo benefício sem que a segurança seja comprometida. Nessa etapa, já podem ser iniciados também os Projetos Complementares: Elétrico e Hidrossanitário.

Complementares

O Projeto Elétrico define todos os pontos de utilização de energia elétrica da edificação, definindo a fiação adequada a ser utilizada. Além disso, também é feito o dimensionamento de todos os dispositivos de proteção, comando e medição de energia elétrica. É de fundamental importância para que haja a escolha e instalação adequada de todos os componentes, garantindo a segurança e bom funcionamento da rede.

O Projeto Hidrossanitário, consistindo do Projeto Hidráulico e o Projeto Sanitário, define os pontos de entrada e saída de água, a destinação do esgoto sanitário e o dimensionamento das tubulações de forma a existir um perfeito fornecimento de água para toda a edificação de acordo com suas demandas. Tubulações hidráulicas mal dimensionadas acarretam em inconveniências do dia-a-dia como vazamentos e pressão insuficiente para fornecimento adequado.

Quero construir ou reformar, e agora?

Todos esses projetos trabalham em conjunto e para o seu bom funcionamento é preciso de algo que chamamos de compatibilização de projetos, que se trata da unidade deles, pois apesar de serem projetos diferentes, fazem parte de um só e dependem uns dos outros.

A compatibilização dos projetos gera economia de tempo e dinheiro, isso evita problemas durante a execução da obra, como tubulações passando por dentro de vigas, compra de mais ou menos material do que era preciso, entre outros. Assim, o entrosamento entre todos os projetos envolvidos deve ser feito cuidadosamente, de forma a prevenir atrasos e gastos extras.

Está procurando uma empresa que realize seu sonho de construir ou reformar?

Na Planej, trabalhamos com todos esses projetos e prezamos pela qualidade da sua obra, temos as melhores soluções e nos preocupamos em fazê-las dentro do seu orçamento. Agende uma reunião e solicite orçamento pelo site: www.planejpb.com.br

#projetoarquitetônico #projetoestrutural #projetoelétrico #projetohidrossanitário #compatibilização #Projeto #reforma

0 visualização
  • Facebook - White Circle
  • Instagram - White Circle
  • Pinterest - White Circle
  • LinkedIn - Círculo Branco