• Planej

Etapas de uma obra: o planejamento necessário para construir seu sonho

Atualizado: 18 de Set de 2019


A realização de um sonho é, sem sombra de dúvidas, uma das maiores satisfações que podemos sentir e a melhor maneira de torná-lo real é através de um bom planejamento.

Isso não é diferente quando sonhamos com o nosso lar, nosso negócio, ou ainda a casa de veraneio do final de semana: o carinho que se tem com o nosso sonho deve ser convertido em cuidado com o planejamento para sua realização.

Assim, a Planej separou para você as principais etapas e sequências de uma obra.

1. PROVIDÊNCIAS INICIAIS

VISITA AO TERRENO: É bem importante visitar o terreno onde ocorrerá a obra, seja para conferir se as medidas indicadas na escritura coincidem com as do terreno ou para ter uma ideia da necessidade de um serviço futuro mais complexo a ser realizado, como por exemplo, levantamento topográfico, extrair uma planta de grande porte, etc. Também é interessante que a equipe de profissionais contratada para a concepção dos projetos esteja presente nesta visita.

A importância dessa visita pode ser entendida com um dos projetos realizados pela Planej. Apresentado abaixo. Os altos e baixos da topografia do terreno foram aproveitados para uma solução arquitetônica onde parte da casa foi alocada em uma cota mais baixa do terreno, e outra na porção do terreno mais alta, que garantiu uma economia de custos de terraplanagem ao cliente bem considerável.

ELABORAÇÃO DOS PROJETOS: Depois de familiarizado com as peculiaridades do terreno, deve-se prosseguir com a elaboração dos projetos necessários a construção do empreendimento. Além dos projetos básicos de uma edificação – arquitetônico, estrutural, hidrossanitário e elétrico -, dependendo da obra, faz-se necessário incluir em seus planos a contratação de projetos mais específicos. A necessidade desses projetos pode estar relacionada a diversos fatores: legislação dos órgãos reguladores, complexidade e característica da obra, ou ainda, soluções construtivas adotadas para a execução desses projetos. Em determinadas localidades, por exemplo, para prédios acima de 25 m de altura, alguns órgãos competentes exigem a confecção de um projeto de sistema de proteção descargas atmosféricas.

Corte esquemática mostrando como as cotas do terreno determinaram na solução arquitetônica

REGULARIZAÇÃO DA CONSTRUÇÃO: Depois de ter todos os projetos em mãos, é preciso ir aos órgãos competentes a fim de garantir a legalidade da construção. Todo esse processo de legalização de uma obra está esmiuçado no post: "Série de legalização: Comprei um terreno, e agora? (Parte 1)"

2. LIMPEZA DO TERRENO

Essa, podemos dizer, é a primeira etapa em que se começa de fato a execução da obra. A limpeza do terreno é necessária a fim de torná-lo trabalhável para as etapas seguintes. É importante deixar claro que a partir de determinado porte de árvore a retirada da planta pode exigir a autorização de alguns órgãos, como prefeitura e corpo de bombeiros. Além disso, os resíduos resultantes da limpeza do terreno devem ser devidamente destinados, fazendo-se necessário consultar qual órgão pode ser solicitado para a execução deste serviço.

3. CANTEIRO DE OBRAS

Mesmo para obras de pequeno porte é importante se pensar na maneira como ficará disposto o canteiro. Isso porque o layout da construção garante a mesma maior velocidade e eficiência, além de permitir alocar depósitos de determinados materiais da maneira mais inteligente em relação aos locais onde serão empregados. Outro ponto é a instalação dos pontos de água e luz sendo necessário para tal entrar em contato com as respectivas concessionárias.

4. LOCAÇÃO DA EDIFICAÇÃO

Nessa etapa são marcados os pontos de referência para a construção da edificação. Caso a edificação tenha uma área muito grande, faz-se necessário a locação dos pilares e eixos através de equipamento topográficos.

Gabarito de uma obra

5. INFRAESTRUTURA

Com os pilares e os eixos de alvenaria demarcados prossegue-se com execução da infraestrutura. Consiste nos elementos de fundação da edificação, como por exemplo, sapatas e vigas baldrame.

6. SUPERESTRUTURA

Consiste na execução dos pilares, vigas e lajes previstas em projeto. Vale destacar que o material a ser empregado nesses elementos dependerá do partido estrutural definido pelo projetista. Se for optado pelo emprego de alvenaria estrutural, por exemplo, a infraestrutura da construção está definida pelas próprias paredes da edificação.

Execução de uma laje treliçada

7. ALVENARIA, FECHAMENTOS E DIVISÓRIAS

Com a forma da edificação já definida pela infraestrutura e superestrutura, a obra passa a ter como próxima etapa a colocação dos painéis de alvenaria e das divisórias. É importante atentar-se para os trechos desses elementos que receberão as instalações e as esquadrias.

8. ESQUADRIAS

Com os painéis de alvenaria e/ou as divisórias finalizadas deve-se continuar com a instalação das esquadrias. Salienta-se que nesses vão que irão receber as esquadrias deve ser previstos também a colocação de vergas e contra-vergas, a fim de evitar futuras fissuras.

Vergas acima de vãos de janelas e portas​

9. COBERTURA

A etapa seguinte está na implantação dos elementos da coberta que também variam com a solução construtiva adotada para seus componentes. Alguns aspectos valem nossa atenção: a inclinação que o tipo de telha permite ao telhado; as dimensões dos elementos de sustentação (linhas, caibros, tesouras, treliças, etc) para evitar que estes não venham a ter grandes deformações; garantir a impermeabilização em trechos críticos da coberta, tais como cumeeira, bordas e emendas para soluções de telhado que possuam módulos de grandes dimensões (fibrocimento, alumínio sanduíche, etc).

Exemplo de uma cobertura com uso de telhas de fibrocimento

10. INSTALAÇÕES

Antes de começar a fase de acabamento, visando-se evitar retrabalhos, é indicado iniciar com as instalações como as de esgoto sanitário, água fria e quente, de combate a incêndio, telecomunicações, elétricas, e ainda outras que dependerão da complexidade da construção. Faz-se questão de frisar que se busquem projetos compatibilizados, pois a interferências de instalações e elementos da estrutura da edificação as tornam menos eficientes, oneram os custos e causam prorrogação no tempo de conclusão da obra.

Instalações de água fria de uma edificação

11. REVESTIMENTOS, VIDROS E PINTURAS

Com todas as etapas até então descritas finalizadas, parte-se para uma das etapas de maior custo e tempo de serviço que é a de aplicação de revestimentos, vidros, pinturas, enfim o acabamento da edificação. Em vista disso, recomenda-se, cada vez mais, a contratação de empresas especializadas nestes serviços, já que estas dão uma garantia maior de eficiência na execução destes serviços. Dois exemplos disso, é que é bem comum algumas construtoras terceirizarem os serviços de aplicação de forro, pintura, revestimentos de fachada em seus empreendimentos.

12. SERVIÇOS COMPLEMENTARES

Apesar de já sentir bem próxima a realização de seu sonho, ainda é necessária a finalização de algumas etapas, são elas a limpeza final da obra, a ligação das redes, retirada do entulho e elaboração do As Built, que consiste no projeto em que estarão documentadas possíveis modificações que foram adicionadas ao projeto inicial, ou seja, descrever a edificação como de fato foi construída.

Por fim, é importante deixar claro que as etapas aqui descritas podem vir a serem executadas sem obedecer a essa sequência, uma vez que cada obra possui suas especificidades, e outros fatores acabam por serem determinantes, como por exemplo, limitação financeira, escassez de materiais e mão de obra, ou ainda, correções em pontos de etapas anteriores.

Como a PLANEJ pode me ajudar?

A Planej realiza os projetos do seu imóvel ou estabelecimento comercial para planejar e executar com perfeição seu sonho! Entre em contato conosco para conhecer um pouco mais sobre os nossos serviços e para solicitar um orçamento gratuitamente!

#planejamento #canteirodeobras #engenharia #arquitetura

104 visualizações
  • Facebook - White Circle
  • Instagram - White Circle
  • Pinterest - White Circle
  • LinkedIn - Círculo Branco