• Planej

Por que fazer um ensaio SPT?

Vamos te explicar o por quê é necessário fazer um ensaio SPT no seu terreno, mas antes vamos definir o que é um ensaio SPT:


O que é um ensaio SPT?

A sondagem de solo consiste em um processo de reconhecimento e caracterização do terreno, sendo a maneira de como conhecer as características do terreno. No ensaio de sondagem a percussão ou Standart Penetration Test (SPT), é feita a retirada de amostras do solo, a determinação do nível da água e a medida de resistência à penetração.


Fonte:https//:www.geoscan.com.br

Por que devo fazer o ensaio de sondagem?

O conhecimento do solo é vital para determinar vários aspectos em uma construção, é com base nesse levantamento que vai ser definido o tipo

de fundação e caso ele não seja feito a fundação ou até mesmo a estrutura da edificação poderá ser calculada errada. Devido a isso, o projeto de sondagem é um pré-requisito para o início de uma obra.

E dessa forma, pode-se evitar o superdimensionamento da estrutura ou então futuras rachaduras, oferecendo economias com materiais e mão de obra no curto e no longo prazo.


Quanto custa?

Primeiramente precisamos levar em consideração que este ensaio é um investimento e não um gasto, pois ele trará a melhor resolução possível para a construção de uma edificação aumentando sua longevidade e a sua segurança.

Apesar de tudo isso, dependendo do resultado obtido a execução da obra pode ser inviabilizada economicamente, pois apesar de ter soluções suficientes para contornar diversos tipos de problemas, elas podem ser muito custosas. Por isso esse ensaio é essencial para você conhecer o seu terreno.

Porém o ensaio SPT é muito popular na construção civil por ser simples e de baixo custo, para se ter uma ideia de quanto custa um projeto de sondagem de solo, desde obras de pequeno porte até obras maiores, o preço da sondagem de solo fica abaixo de 1% do valor total das obras civis, segundo a ABGE (Associação Brasileira de Geologia de Engenharia Ambiental).


Além disso, existem outros tipos de ensaio de sondagem, são eles:


  • Sondagem à Trado: podendo ser manuais ou mecanizados, os tipos de trado mais comuns são a concha (ou cavadeira) e helicoidal, e menos utilizadas estão os dos tipos trados torcidos e espiral. Basicamente este tipo de sondagem é uma escavação com pequeno diâmetro e profundidade reduzida com objetivo de coletar amostras deformadas para poder realizar ensaios laboratoriais, sendo possível determinar o perfil do solo investigado.

  • Trados manuais: são geralmente mais simples do que as outras opções, rápido e econômicos, porém não são tão eficazes quanto a profundidade geralmente penetra somente as camadas de solo acima do nível d’água e com baixa resistência. Comumente chamados de estacas mecanicamente escavadas.

  • Trados mecânicos: é muito utilizado nos canteiros de obra pois é um processo limpo que não produz lama, é fácil de ser transportado e mobilizado dentro da obra, requer um número pequeno de operadores e é de execução relativamente rápida. Além disso, não produz vibrações durante a perfuração e consegue ser realizada em solos de maior resistência.

  • Sondagem à percussão SPT: usualmente chamada de sondagem SPT ou ensaio SPT, é o processo mais utilizado para determinar o tipo de solo, a resistência e o nível de água. Consiste em um tubo vertical a ser golpeado e as informações são obtidas a partir da quantidade de golpes e a profundidade de que cada golpe avança no solo.

  • Ensaio de penetração de cone CPT: é um método menos usual, fato explicado pelo pequeno número de empresas que o executam e pelo custo elevado. Os resultados destes ensaios permitem a identificação dos perfis de solos e a determinação de suas propriedades mecânicas dos solos, sendo importante particularmente na previsão da capacidade de carga e de recalques de fundações.

  • Sondagem Rotativa: apesar de configurar o maior custo entre os tipos de sondagem, é a sondagem com mais vantagens, uma vez que possibilita a análise de maiores profundidades e diversos outros tipos de solos a serem perfurados, além de ser de fácil transporte.

A norma brasileira que regulamenta o ensaio de sondagem de simples reconhecimento com SPT atualmente é a NBR 6484 e também a NBR 8026 para programação de sondagem de simples reconhecimento dos solos para fundações dos edifícios.

8 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo