• Planej

Light Steel Frame e a racionalização da construção

Atualizado: 27 de Nov de 2019

Você já ouviu falar em racionalização da construção civil? A construção racionalizada é resultado de um conjunto de preocupações que permeiam o século XXI tais como a otimização de tempo, de custos e a redução da geração de resíduos visando a sustentabilidade.

Um exemplo da aplicação da construção racionalizada é o Light Steel Framing (em tradução literal: “estrutura de aço leve”). A utilização de aço na construção civil se deu no contexto de busca por soluções para os problemas habitacionais de maneira prática, rápida e de baixo custo com materiais disponíveis no local. Assim, esse método construtivo utiliza o aço galvanizado, em estruturas leves, como principal elemento estrutural, o que traz uma série de vantagens que vamos listar a seguir.


1. Custo


O custo dessa metodologia comparado a outros métodos convencionais de construção tem uma redução de 30%, além de prazos reduzidos, uma vez que reduz contratempos como o de impedimento pela chuva e de reduz grandes perdas na obra, o qual é comum em outros estilos construtivos. Isso ocorre pois utiliza perfis de aço que são produzidos industrialmente e materiais que garantem uma maior limpeza do canteiro, maior precisão e consequentemente redução de custos e desperdícios na obra.


2. Conforto térmico e acústico


Esse método também promove uma grande performance acústica e térmica, que pode ser realizada a partir do isolamento e revestimento entre as placas de paredes e o forro revestido de lã de vidro, podendo ter cerca de duas ou três vezes mais eficácia em relação a alvenaria convencional. Com isso, os custos de energia para a refrigeração ou aquecimento do imóvel, são inferiores comparados a casas construídas com os métodos convencionais, permanecendo assim, mais tempo a mesma com a temperatura desejada.


3. Sustentabilidade


A realização desse sistema faz com que possa existir uma reciclagem e reaproveitamento dos materiais usados no canteiro da obra, pois o aço possui a vantagem de ser reaproveitado inúmeras vezes e não perde suas funções, qualidades e resistência.


Em síntese, chega-se a um valor de menos de 13% de resíduos dos materiais aplicados no LSF e de mais de 30% na alvenaria convencional, percebendo-se que o índice de perdas por resíduos do Light Steel Frame é menos da metade do índice em alvenaria convencional. Assim, o método possui atributos de sustentabilidade pela menor quantidade de resíduos gerada e é também considerado um método de construção sustentável.


Como a PLANEJ pode me ajudar?

A Planej desenvolve os projetos do seu imóvel ou empreendimento sustentável, te ajudando a escolher os melhores materiais e obter a melhor relação custo-benefício para construção do seu sonho! Entre em contato conosco para conhecer um pouco mais sobre os nossos serviços e para solicitar um orçamento gratuitamente!


0 visualização
  • Facebook - White Circle
  • Instagram - White Circle
  • Pinterest - White Circle
  • LinkedIn - Círculo Branco